Uauá recebe prêmio por ser o único município da Região Norte da Bahia a alcançar meta de 100% na campanha de vacina contra gripe

Uauá recebe prêmio por ser o único município da Região Norte da Bahia a alcançar meta de 100% na campanha de vacina contra gripe

A Prefeitura de Uauá, através da Secretaria de Saúde, recebeu nesta sexta-feira (31), o certificado de reconhecimento por ter sido o único município da região Norte do Estado da Bahia a alcançar a meta de 100% na campanha de vacinação contra a gripe. A premiação aconteceu durante o evento de entrega das Novas estruturas da Sala de Vacina, Rede de Frio e Vigilância Epidemiológica do município.

O diploma, instituído pela Secretaria de Saúde da Bahia, foi entregue pelo coordenador do Núcleo Regional de Saúde da Região Norte, Pedro Alcântara. Pedro parabenizou a gestão do prefeito Lindomar Dantas e toda a equipe da Secretária de Saúde pelo trabalho realizado.

“Reconhecer aqueles que realmente fazem uma saúde voltada para a população é um dever de nós gestores. Como Coordenador da Região Norte foi uma honra não só representar o governador neste evento, mas está aqui junto, de perto, para ver o excelente trabalho que o prefeito Lindomar, a secretária Aline e toda a equipe tem feito. Uauá está de parabéns e hoje é uma cidade respeitada pela administração que tem”, afirmou Pedro Alcântara.

A secretária de Saúde, Aline Ribeiro, agradeceu ao prefeito Lindomar Dantas por todo apoio e dedicou o prêmio a todos os profissionais que compõem a secretaria.

“Este prêmio que estamos recebendo é muito importante para a saúde de Uauá. Nosso município está se reestruturando, estamos investindo na saúde preventiva para que possamos prevenir doenças, melhorar a qualidade de vida da população. Então o prêmio é de todos os profissionais que atuam na secretaria. Agradecemos a dedicação de todos, agradeço também ao prefeito Lindomar Dantas por nos dar toda a estrutura necessária para desempenhar da melhor forma nosso trabalho. Estamos felizes e vamos continuar firmes para bem servir a nossa população”, concluiu.