Prefeito de Uauá inicia o sexto mês de governo, cumprindo agenda em Salvador.

Prefeito de Uauá inicia o sexto mês de governo, cumprindo agenda em Salvador.

Prefeito de Uauá inicia o sexto mês de governo, cumprindo agenda em Salvador.

Em busca de novos investimentos para o desenvolvimento de Uauá, o prefeito Lindomar De Abreu Dantas cumpre ampla agenda na Capital do Estado, encaminhando diversas demandas de interesse da municipalidade, na CONDER(Companhia de Desenvolvimento Urbano), Secretaria de Educação e Embasa, resolvendo pendências herdadas da gestão passada, a exemplo das pendências identificadas nas prestações de contas do TOPA (há três anos em atraso), bem como a regularização nos repasses da contrapartida do PETE (transporte escolar do estado) e das dívidas pendentes com as contas de água (protocolando a judicialização da dívida e postulando a retirada do nome do Município de Uauá do SICON – Sistema de Informações e Gerência de Convênios e Contratos).

Lindomar também esteve, por duas vezes, no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, tratando sobre o possível fechamento da Comarca de Uauá, oportunidade em que consignou o interesse da Administração em renovar o Termo de Cooperação Administrativa firmado entre a municipalidade e o egrégio Tribunal de Justiça, com fins de assegurar a melhoria na prestação dos serviços jurisdicionais no município.

A agenda do prefeito de Uauá também incluiu a participação em uma audiência com o Governador Rui Costa, em busca da liberação de recursos para a pavimentação asfáltica das principais ruas da cidade, calçamentos para sede e interior, reforma e estruturação do hospital, dentre outras obras de sobrelevada importância na garantia de melhor qualidade de vida para toda a população.

Por fim, completando a sua agenda de atividades, o Prefeito compareceu a um evento na SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural), onde, dentre outras coisas, assinou a adesão formal do Município, ao Garantia-Safra 2017- 2018 e ao PROMER (Programa de Mecanização Rural Emergencial), habilitando o município a postular junto ao Governo do Estado, à liberação de recursos que permitam a Administração responder as demandas emergenciais das comunidades no interior, através da adoção de medidas práticas que assegurem a amenização das graves dificuldades experimentada pela seca.

Com trabalho muitas serão as conquistas.