“Cultura e Tradição, viva as mulheres do sertão.”

“Cultura e Tradição, viva as mulheres do sertão.”

Ao longo dos seus 91 anos, Uauá sedimenta sua identificação: Polo irradiador de participação cidadã, de homens batalhadores, de mulheres guerreiras; uma fortaleza histórica com inspiração para produzir cultura.

Respeitando essa identidade, esse ano resolvemos enaltecer e homenagear as mulheres do nosso sertão. Elas que com força e coragem, resistindo às imposições históricas de uma sociedade patriarcal e excludente, em suas lutas diárias, com sua arte, com sua vasta e riquíssima existência, transformaram o espaço onde vivem, os lugares por onde passaram e são fonte inspiradora da nossa Cultura.

São mulheres artesãs, produtoras rurais, chefes de cozinha, mulheres que abrilhantaram os nossos festejos juninos… As alvoradas dos Humildes estarão historicamente marcadas pela tradicional fatada preparada por dona Alice; a fidelidade de Rosa de Balbino, pequena, dona Epifana e sua garrafa nas noites de reisados; dona Aderlinda… São tantas Marias, Rosas, Anitas, portanto, nada mais justo que homenagear essas mulheres que fizeram história, nesse que pretende ser o melhor São João já visto na história de uauá.

“Cultura e Tradição, viva as mulheres do sertão.”